14 de setembro é dia de luta no IFAL e no Brasil

Publicada em 12/09/2017 às 13:01 - Atualizada em 12/09/2017 13:15
Ésio Melo
  

O Dia Nacional de Lutas, Protestos e Greves em defesa do serviço público, contra a reforma da previdência e pela revogação da reforma trabalhista está marcado já para esta quinta-feira, 14 de setembro. Nesta data, em todo o Brasil, serão realizadas mobilizações de diversas categorias, com destaque para os servidores públicos e os metalúrgicos.

 

No IFAL, os servidores aprovaram, em sua última assembleia geral, realizar atividades em todos nos municípios onde existem câmpus do Instituto. O Sintietfal recomenda que docentes e técnicos participem de atividades gerais, convocadas por outras categorias, e realizem debates, exibição de vídeos e movimentações com os estudantes.

 

Além do debate sobre a situação do país, a defesa dos serviços públicos e a luta contra as reformas, a direção sindical aconselha ainda que os servidores aproveitem a data para debater também a perseguição política na Rede Federal, em especial no IFAL.

 

Para Hugo Brandão, presidente do Sintietfal, o dia de mobilizações deve servir para os servidores públicos, em especial, mobilizarem contra a retirada de direitos. “Precisamos reagir ao desmonte dos serviços públicos, às privatizações e o golpe contra os direitos e a aposentadoria dos trabalhadores. Precisamos fazer atividades que debatam a conjuntura e aponte para a necessidade de uma nova greve geral, que paralise o país e derrote Temer e seu governo de corruptos”, disse Brandão.                        

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.

Curta no Facebook