Nota de solidariedade ao reitor da Uneal, Jairo Campos

Publicada em 28/07/2017 às 11:50
Ésio Melo
  

O Sindicato dos Servidores Federais da Educação Profissional e Tecnológica no Estado de Alagoas manifesta sua solidariedade ao reitor da Universidade do Estado de Alagoas (Uneal), professor Jairo Campos, ameaçado de morte através de uma ligação anônima.

 

A ameaça é um ato de intolerância política e tentativa de intimidação ao reitor por ter anunciado que cumprirá a decisão do Conselho Universitário de entregar o título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula.


Independente da motivação, o Sintietfal repudia a perseguição política ao gestor da Uneal e defende a garantia da autonomia e respeito às decisões democráticas tomadas pela universidade.

 

É preciso que o Estado garanta a salvaguarda da vida do reitor, encontre o/os responsáveis e os punam. De nossa parte, seguiremos na luta contra o ódio, a intolerância e o fascismo.

 

Basta de perseguições políticas!
Em defesa da autonomia universitária!

 

 

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.

Curta no Facebook